Anderson Jacson </a>  
Login

Menu

1 visitantes online (1 na seção: Artigos e Dicas)

Usuários: 0
Visitantes: 1

mais...

SmartSection is developed by The SmartFactory (http://www.smartfactory.ca), a division of INBOX Solutions (http://inboxinternational.com)
Linux > Manipulando reserva de blocos em sistemas ext3 e ext4
Manipulando reserva de blocos em sistemas ext3 e ext4
Publicado por Anderson em 05/8/2011 (1397 leituras)

Manipulando reserva de blocos em sistemas ext3 e ext4

 

Um sistema de arquivos em um device de 249Gb atingirá 100% de uso aos seus 236Gb. Isso se dá pelo simples motivo que por default, um sistema de arquivos criado via mkfs.ext3 ou mkfs.ext4 possui uma reserva de 5% de seus blocos para o superusuário (vulgo root,  :) ). Isso pode não ser impactante em sistemas de arquivos pequenos, tais como /var, /usr, /tmp, etc, mas vai com certeza se tornar um inconveniente em um sistema de arquivos de 750Gb usado separadamente do S.O (isso nos custaria 37.5Gb).

Então vamos ao que interessa… Vamos alterar esta reserva de um sistema de arquivos montado e funcional utilizando o tune2fs. No exemplo que segue alterei minha partição de uso pessoal, de 119Gb para ter somente 1% de reserva. Isso me deu um ganho de 5.4Gb.  :)

ext4 com 5% de reserva:

[frank@vostrolab2 tmp]$ df -h /u
Filesystem                       Size  Used Avail Use% Mounted on
/dev/mapper/vg01-u    119G   78G   35G  69% /u

Vamos à alteração:

[root@vostrolab2 tmp]# tune2fs -m 1 /dev/mapper/vg01-u

tune2fs 1.41.12 (17-May-2010)
Setting reserved blocks percentage to 1% (314572 blocks)

Vejamos o resultado:

[root@vostrolab2 tmp]# df -h /u
Filesystem                       Size  Used Avail Use% Mounted on
/dev/mapper/vg01-u    119G   78G   40G  67% /u

Ganhamos 5Gb   :)

Fica então a dica, e lembrando que tal alteração não é recomendada em devices que comprometem o funcionamento do S.O linux, tal como /, /var, /usr, pelo simples fato de que ao atingir 100% o root ainda consegue manipular e “salvar” o sistema…

É isso… Fica então a dica e o esclarecimento deste comportamento que TODO sistema de arquivos ext possui.

Por: Franklin Moretti

 


Navegue pelos artigos
Artigo prévio Apagar arquivos antigos Próximo artigo
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.
Pesquisa